Segundos de distrações ao volante podem causar danos para uma vida toda. Além dos problemas já conhecidos por todos, como o uso do celular ou manuseio do rádio ou aplicativos de músicas.

Durante a condução do veículo, muitas ações que podem passar despercebidas representam riscos para os ocupantes do carro, pedestres e outros condutores por reduzirem a capacidade de reação dos motoristas a situações adversas.

Por mais inocentes que essas ações pareçam: fumar, usar o celular, trocar uma música, elas podem significar minutos de distância do volante, tanto mental como fisicamente, como, por exemplo, utilizar apenas uma mão para dirigir.

Vamos ficar mais atentos e deixar a missão de trocar de música para os copilotos, ok?

Assim todos terão uma viagem mais tranquila e segura!